Malformações congênitas no bebê. Quando consultar um cirurgião pediátrico?

As malformações congênitas são anomalias funcionais ou estruturais que se desenvolvem no feto decorrentes de fatores genéticos e/ou ambientais. Elas podem ser identificadas durante a gestação, após o nascimento ou no decorrer do crescimento. Essas malformações podem acontecer em qualquer parte do corpo e apesar de nem todas serem letais, elas podem comprometer a aparência e o correto funcionamento dos órgãos e estruturas.

É muito importante a consulta com um cirurgião pediátrico ainda no pré-natal, pois muitos problemas podem ser identificados na fase gestacional, o que pode aumentar as chances de resolução e evitar complicações mais graves para a criança. O cirurgião irá orientar sobre a doença, o prognóstico, e programar a correção após o nascimento, caso seja necessária cirurgia.

Confira algumas malformações que podem ser identificadas nas ecografias pré-natais, e que devem ser avaliadas por um cirurgião pediátrico: 

– Gastrosquise e onfalocele (defeitos na parede abdominal)

– Malformações císticas do pulmão

– Hérnia diafragmática (orifício no diafragma, fazendo com que os órgãos abdominais penetrem no tórax); 

– Hidronefrose (dilatação no rim);

– Atresia de esôfago (formação incompleta do esôfago)

Dr. André Luís Fortes Alves

Cirurgião Pediátrico

CRM-PR 21797 | RQE 915

#cirurgiapediatrica #cirurgiaopediatrico #cirurgiapediatricacuritiba #urologiapediatrica #malformacao #prenatal 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*
*